agosto 25

Condessa de sangue

0
0

Retratada por músicos, escritores, poetas, historiadores, pintores e cineastas, a condessa húngara Erzsebet Báthory (sobre quem falei recentemente no post anterior) é uma das personalidades históricas mais conhecidas mundialmente. Vivida por Anna Friel, a aristocrata acusada e julgada por inúmeros assassinatos e torturas foi trazida novamente às telas de cinema em 2008, pelas mãos do diretor Juraj Jakubisko.

Com duração de pouco mais de 130min., Condessa de sangue é uma obra cinematográfica dos gêneros drama e horror que vale a pena ser conhecida. Com roteiro de John Paul Chaple e música de Simon Boswell, o filme traz a biografia da lendária Condessa Báthory, a assassina com a maior contagem de corpos da história. A busca pela beleza e eterna juventude teriam feito desta mulher uma personagem intrigante, temida e sem limites.

Acesse este link e assista Condessa de sangue:

http://megafilmeshd.net/condessa-de-sangue/

 

Núrya Ramos

-85

Category: Cinema | LEAVE A COMMENT
abril 4

Ágora

0
0

Recentemente lancei aqui no Oráculo um post sobre uma das mais interessantes personagens da história da humanidade: Hipácia (o post pode ser consultado na categoria História deste blog sob o título: Hipácia -a representação da mulher na célebre Alexandria). Esta mulher destemida, determinada e sábia, me cativou no primeiro instante; não só por tudo que representou para a ciência, como pelo que representa até hoje para os que conhecem sua história. Hipácia viveu em Alexandria (Egito), numa época em que o Cristianismo começou a ganhar força e espaço; seus ensinamentos, sua busca incansável pelo conhecimento e pela verdade, fizeram dela um alvo fácil para os cristãos intolerantes e violentos de sua época, que não admitiam que outros povos pudessem ter outras crenças e outras culturas que não fossem as da nova doutrina. Hipácia poderia ser perfeitamente a representação humana de Atena – deusa da sabedoria.

Para os que gostariam de conhecer mais sobre esta mulher que marcou a história da humanidade com sua bravura e inteligência, indico hoje o filme Ágora (no Brasil, Alexandria), do diretor Alejandro Amenábar. Lançado em 2009, a produção traz Rachel Weisz interpretando Hipácia de maneira brilhante e como personagem central da trama. O filme inicia-se com Hipácia já lecionando na Academia de Alexandria; uma reconstituição de como pode ter sido a famosa biblioteca também é vista nesta produção. Sei que não estou indicando um filme inédito, mas Ágora merece ser visto e revisto dezenas de vezes, pois é uma trama envolvente que permite ao espectador se sentir dentro da própria Alexandria. Imagino como deveria ser fascinante ser aluno de Hipácia, e deliciar-se com o seu conhecimento. Ágora é mais que uma produção cinematográfica: é um resgate da história da última cientista de Alexandria; uma mulher à frente de seu tempo que ousou permanecer em sua busca pela verdade, desafiando o poder da Igreja Católica. Abaixo um link para que o amigo leitor possa assistir Ágora e inebriar-se de cultura e história durante 126 min.

http://filmesdubladosgratis.com.br/2013/04/alexandria-2.html

Núrya Ramos

-56

Category: Cinema | LEAVE A COMMENT