junho 17

Os Barcos

0
0

Você diz que tudo terminou

Você não quer mais o meu querer
Estamos medindo forças desiguais
Qualquer um pode ver
Que só terminou pra você

São só palavras, texto, ensaio e cena
A cada ato enceno a diferença
Do que é amor ficou o seu retrato
A peça que interpreto, um improviso insensato
Essa saudade eu sei de cor
Sei o caminho dos barcos

E há muito estou alheio e quem me entende
Recebe o resto exato e tão pequeno
É dor, se há, tentava, já não tento
E ao transformar em dor o que é vaidade
E ao ter amor, se este é só orgulho
Eu faço da mentira, liberdade
E de qualquer quintal, faço cidade
E insisto que é virtude o que é entulho
Baldio é o meu terreno e meu alarde
Eu vejo você se apaixonando outra vez
Eu fico com a saudade e você com outro alguém

E você diz que tudo terminou

Mas qualquer um pode ver

Só terminou pra você
Só terminou pra você

(Legião Urbana
Composição: Dado Villa-Lobos / Renato Russo)

-16

Category: Música | LEAVE A COMMENT
julho 22

Editora lançará diário de Renato Russo

0
0

No próximo sábado (25/07/15), durante evento no Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS-SP), a editora Companhia das Letras lançará obra importante para os fãs da banda Legião Urbana e admiradores de seu inesquecível vocalista Renato Russo. Intitulada ‘Só por hoje e para sempre – Diário do Recomeço’, trata-se do material no qual o cantor registrou sua passagem pela clínica de reabilitação Vila Serena, no Rio de Janeiro. A internação que durou 29 dias (entre abril e maio de 1993) rendeu desenhos, cartas, anotações e bilhetes, nos quais o cantor falou sobre sua relação com Dado Villa Lobos e Marcelo Bonfá (parceiros de banda), os amigos, a família, além de tratar sobre homossexualidade.

Internado para tratar o vício em álcool e drogas (cocaína e heroína), Renato Russo continuou expressando sua criatividade e emoções durante o tratamento. Giuliano Manfredini, único filho do cantor é quem assina a introdução do livro, sobre o qual escreve: “A leitura desses escritos permitirá aos leitores se aproximar de um Renato Russo que poucos tiveram a oportunidade de conhecer. Um Renato Russo íntimo: detalhista, sentimental, generoso”. Durante o evento haverá exibição do filme “Faroeste caboclo” e do documentário “Rock Brasília – Era de ouro”. A entrada é franca, porém algumas atividades estão sujeitas à lotação do auditório.

renato-russo-holograma(1)

Segue abaixo um trecho do livro previamente cedido para publicação e divulgação do mesmo, onde o líder da Legião Urbana se refere a uma apresentação da banda em Angra dos Reis:

Nossa pior apresentação deve ter sido em Angra dos Reis, em 1985, quando, além de beber, usei cocaína. Era um festival com várias bandas, pessimamente organizado. Não houve passagem de som e as guitarras estavam desafinadas e eu desafinei o tempo todo (logo eu, eleito o melhor cantor de rock pela revista Bizz e JB por seis anos seguidos). Se estivesse sóbrio, teria controle sobre a situação, em vez de insistir que o erro não era só meu (o que de fato não era, mas, sendo o líder da banda, a responsabilidade foi minha). Por acaso nosso técnico de som gravou a apresentação e fiquei a noite inteira ouvindo aquilo, muito, mas muito chateado e frustrado. Me senti um perfeito idiota e prometi q. isso nunca mais iria acontecer. Me senti muito mal depois, emocionalmente.”

 

Núrya Ramos

 

Fontes:

http://g1.globo.com/musica/noticia/2015/07/renato-russo-leia-trecho-do-diario-do-rehab-so-por-hoje-e-para-sempre.html

Google Imagens

-68

Category: Música | LEAVE A COMMENT