março 31

Bravura Indômita

0
0

Após o assassinato de seu pai, Mattie Ross (uma adolescente de 14 anos, vivida por Hailee Steinfeld), sai em busca de justiça; mas para encontrar o assassino – um bandido conhecido como Tom Chaney (Josh Brolin) – Mattie precisa dos serviços de alguém que possa “caçar” o foragido. Para isso ela contrata o oficial Rooster Congburn (Jeff Bridges), um homem da lei que possui desvios de caráter e forte apreço pelo álcool. No entanto, Mattie e Congburn não são os únicos a buscar Tom Chaney: um Texas Ranger, chamado LaBoeuf (vivido por Matt Damon) também está à procura de Chaney pelo assassinato de um senador no estado do Texas.

Hailee Steinfeld e Jeff Bridges em Bravura Indômita
     Hailee Steinfeld e Jeff Bridges em Bravura Indômita

O trio se aventura no ambiente hostil de um território indígena onde Chaney estaria escondido na companhia de outros bandidos. A presença de Mattie torna o grupo de justiceiros totalmente incomum. Juntos eles enfrentam os perigos de um território inóspito, sob o rigor do inverno. A personalidade forte e as características marcantes de Mattie são a tônica do enredo, onde a coragem, a persistência e o sentimento de justiça vão além do medo e dos “rótulos sociais” da época.

Hailee Steinfeld e Matt Damon em Bravura Indômita
   Hailee Steinfeld e Matt Damon em Bravura Indômita

No melhor estilo Velho Oeste, Bravura Indômita é adaptação do romance homônimo de Charles Portis (publicado em 1968). Dirigido pelos irmãos Ethan e Joel Coen, o filme foi lançado oficialmente em dezembro de 2010 nos EUA e em fevereiro de 2011 no Brasil. Indicado a dez Oscars, entre eles: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Ator (Jeff Bridges) e Melhor Atriz Coadjuvante (Hailee Steinfeld), o longa é um drama com pitadas de humor sarcástico, e boas doses de ação e aventura.

 

Núrya Ramos

 

Fontes:

Google Imagens

https://pt.wikipedia.org/wiki/True_Grit_(2010)

-7

Category: Cinema | LEAVE A COMMENT
dezembro 8

Sarcófago de 2.500 anos é aberto nos EUA

0
0

“Depois de 2500 anos o sarcófago de um garoto de 14 anos mumificado no Egito foi aberto e deixou cientistas dos EUA com os nervos à flor da pele. O medo de destruir a relíquia, ainda bem conservada, fez com que os especialistas comemorassem demais a conclusão com êxito.

(…) Dentro do sarcófago, a surpresa. É possível, por exemplo, ver perfeitamente o pé do adolescente mumificado. Outros detalhes, porém, foram destruídos pelo tempo e levaram à abertura do caixão. Agora, com ele aberto, especialistas deverão trabalhar para que partes cruciais sejam restauradas.

Na imagem o pé da múmia em bom estado de conservação
Na imagem o pé da múmia em bom estado de conservação

Assim que a restauração for terminada, o menino-múmia passará a fazer parte do Chicago Field Museum, onde trabalha Brown. “É algo fascinante a conservação em questão, apesar da fragilidade. O objetivo é colocar ela [múmia] em uma exposição móvel, vamos ver”, disse o especialista” (Yahoo).

Os antigos egípcios são reconhecidos pelos amplos conhecimentos em diversas áreas, como: o desenvolvimento de técnicas de extração mineira, topografia e construção que permitiram a edificação de monumentais pirâmides, templos e obeliscos; um sistema de matemática, um sistema prático e eficaz de medicina, sistemas de irrigação e técnicas de produção agrícola, entre outros. Esta civilização exerce verdadeiro fascínio há milênios, sendo as múmias uma parte importante do universo fantástico e misterioso do povo que vivia às margens do rio Nilo.

Núrya Ramos

Fonte:

https://br.noticias.yahoo.com/sarc%C3%B3fago-de-2500-anos-%C3%A9-aberto-em-museu-dos-estados-unidos-170511192.html

-61